O circo

“Os três otários acabaram de inventar a corrupção por pensamento”, diz presidente

Eu seu primeiro dia de trabalho fora do hospital, após um período de tratamento em São Paulo, Jair Bolsonaro já aproveitou para fazer o tradicional bate­papo com seus apoiadores em Brasília e não poupou a CPI em curso no Senado Federal.

O presidente da República lembrou que já são dois anos e meio sem corrupção no país e que se quisessem realmente fazer alguma coisa de errado, não seria gravado em vídeos:

“Aí essa CPI dos três otários, tentam de toda maneira colar, ah mas o Pazuello tratou com o empresário. Se tivesse tratado de corrupção não ia ter vídeo, ia ser num porão. Ah, mas ele pensou em corrupção. Acabaram de inventar a corrupção por pensamento”, disse, ironicamente, Bolsonaro, arrancando risos dos presentes.

Mais popular