Brasileirão Série A

Atlético-MG volta a perder em casa após quase um ano

Faltaram 22 dias para o aniversário, mas o Atlético-MG parou no quase. A derrota por 2 a 1 para o América-MG, nesse sábado, pôs fim à longa série de invencibilidade como mandante. Resultado que liga o alerta na Cidade do Galo: já são três jogos sem vitória no Brasileirão.

Fora do habitat natural (Mineirão bloqueado devido a um festival sertanejo), o Galo pagou o preço por um início de jogo desligado contra um rival que, no terceiro confronto em menos de um mês, aprendeu a explorar os erros de um time que deixa muitos espaços, e ainda está longe de mostrar a consistência defensiva tão característica no 2021 de títulos.

No período atual, o de maior instabilidade em termos de rendimento e resultado desde a chegada de Turco Mohamed, são oito gols sofridos nas últimas cinco partidas. Situação que pesa ainda mais quando o ataque, que se acostumou a ser tão efetivo, vem abusando do desperdício de chances. 

A derrota sobre o América passa pelas duas óticas (ofensiva e defensiva), e se ancora ainda em um terceiro fator: a desconcentração. Nas últimas duas partidas do Brasileiro, Turco teve de responder sobre a queda de rendimento nas etapas finais dos jogos, que custaram os empates com Coritiba (casa) e Goiás (fora). Contra o América, o problema foi inverso.

“Entramos desconcentrados, pode ser a palavra. Isso não pode ocorrer em uma equipe que quer ser ganhadora”. (Turco)

ge

https://portals1.com.br/wp-content/uploads/2022/04/970X50.gif

Mais popular