Brasil

Assassinatos no Brasil têm queda no primeiro trimestre de 2022

O número de assassinatos no Brasil caiu no primeiro trimestre de 2022 em comparação ao mesmo período de 2021 (que também teve queda em relação a 2020). Foram 10,2 mil assassinatos nos três primeiros meses deste ano, o que representa uma baixa de 6% em relação ao 1º trimestre de 2021. Nos cálculos, estão tipificados os homicídios dolosos, os latrocínios e as lesões corporais seguidas de morte. Os dados são do “Monitor da Violência”, ferramenta do portal G1, da Globo.

“Em 2021, o Brasil teve uma queda de 7% no número de assassinatos, como apontou um levantamento exclusivo do Monitor da Violência. Foram 41,1 mil mortes violentas intencionais no país no ano passado, o menor número de toda a série histórica do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, que coleta os dados desde 2007”, diz a reportagem.

Os dados do primeiro trimestre de 2022 apontam que: – houve aproximadamente 10,2 mil assassinatos nos primeiros três meses deste ano, quase 700 mortes a menos que no mesmo período de 2021; – na contramão do país, cinco estados registraram alta nas mortes: Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pernambuco, Piauí e Rondônia; – Acre teve a maior queda: 30% – Rondônia teve o maior aumento nos crimes: 48%

Queda generalizada – Todas as regiões do país tiverem queda no número de assassinatos. A mais expressiva foi a da região Sudeste, com uma diminuição de mais de 10%. Todos os estados tiveram diminuição, mas a queda foi puxada principalmente pelo Rio de Janeiro. O estado teve 193 mortes a menos no período, o que representa 20% de queda em relação ao ano passado.

Com essa baixa, o Rio de Janeiro deixou de ser o segundo estado com mais assassinatos do Brasil e passou a ocupar a quarta posição. O ranking continua sendo encabeçado pela Bahia, estado que teve queda de 8,5% na violência, mas que registrou impressionantes 1,3 mil assassinatos nos três primeiros meses deste ano.

Fonte: G1

https://portals1.com.br/wp-content/uploads/2022/04/970X50.gif

Mais popular