Opinião

Pandemia: Sobre 100 mil mortes

A esquerda e a ‘mídia do ódio’ politizaram a pandemia. Qualquer que fosse o caminho seguido pelo presidente Jair Bolsonaro, essa corja optaria pelo sentido contrário. Alguém tem dúvida? Nunca se preocuparam com vidas.

A preocupação foi sempre em atacar o presidente por qualquer decisão que tomasse. E continua sendo assim…

Só pensam em reconquistar o poder para trazer de volta a roubalheira desenfreada que perdurou nesse país, desde a gestão de José Sarney, passando por FHC, até chegar a Lula e Dilma Rousseff. Essa mesma classe política odiosa, usou o Supremo Tribunal Federal (STF) para tirar das mãos de Jair Bolsonaro a condução das medidas contra a pandemia. Cada prefeito e cada governador fez o que bem quis, com o aval do STF e a cobertura dessa catrefa. Ao Governo Federal, conforme determinou a nossa Suprema Corte, só coube o repasse de verbas.

Prefeitos e governadores, repita-se, com o aval do STF e a cobertura dessa catrefa, se chafurdaram no covidão. Deu no que deu… 

Muita gente se enriqueceu com o dinheiro que deveria ter sido empregado no combate a pandemia. 

A Folha de S.Paulo, que já desejou a morte do presidente, neste sábado (8), em editorial, atribui-lhe a responsabilidade pelas 100 mil mortes causadas pela Covid-19.

É mais uma jogada política. Novamente vão se dar mal. A população não acredita mais em nenhuma linha do que é publicado pela ‘mídia do ódio’.

Por essas e outras que Bolsonaro tem sido aclamado pelo povo em todas as regiões do país.

 A sociedade sabe quem são os verdadeiros genocidas.

Fonte: JCO

Mais popular