Flamengo

O desafio de Rogério Ceni no Flamengo

Ainda sem muito tempo para trabalhar, Rogério Ceni tem buscado informações sobre todas as alas que envolvem o Centro de Treinamento do Flamengo e encontrado, na conversa, uma arma para os ajustes necessários nos jogos. 

Conhecedor do futebol brasileiro e dos prós e contras de ter um elenco recheado de estrelas, Rogério Ceni fez questão de buscar bom entendimento com os líderes do elenco, dando a eles a oportunidade de participar deste processo de início de trabalho. 

O treinador buscou apoio em Filipe Luís e Diego Ribas. Ceni conversou em particular com a dupla, que tem forte impacto dentro do grupo do Flamengo, mostrou sua vontade de trabalhar, como gosta que as coisas sejam feitas, mas deixou o espaço aberto para sugestões.

O primeiro objetivo do treinador é deixar o grupo confortável dentro de campo, visando aquilo que eles acreditam ser o melhor para executar. Além disso, Ceni também deu “afago” aos campeões, mostrando que eles terão participação em seu trabalho. 

Parceria com Gabigol – Uma das preocupações da diretoria era a ideia de mostrar aos torcedores que Rogério Ceni não tem qualquer tipo de problema com Gabigol. Logo no primeiro dia, isso foi feito, diante das câmeras e de forma proposital, muitos registros do abraço do camisa 9 ao novo comandante. 

Em 2014, quando Ceni defendia o São Paulo e Gabigol o Santos, a dupla trocou farpas que se estenderam e renderam muitas discussões em programas de televisão. Ao chegar no Flamengo, o técnico fez questão mostrar a Gabigol que ele será um de seus homens de confiança, abriu para ele suas ideias de jogo e o que pretendia fazer no time. 

Diego Alves – Diego Alves vive um imbróglio sobre a renovação no Flamengo, mas, ao chegar no clube, Ceni fez questão de mostrar a importância do camisa número 1 na frente do presidente Rodolfo Landim. O novo treinador tem se referido a Hugo Souza como o futuro do clube, mas pediu respeito ao goleiro campeão da América. 

Ele, inclusive, foi colocado em campo como titular contra o São Paulo, pelo primeiro jogo das quartas de final da Copa do Brasil. No planejamento de Domènec, agora ex-treinador, Diego Alves só voltaria neste sábado (14) diante do Atlético-GO, pelo Campeonato Brasileiro. 

Mais popular