Brasileirão Série A

‘Não é aceitável passar por isso’, diz Gabigol após goleada

Não foi a volta que Gabigol esperava. Afastado dos gramados desde o dia 30 de setembro por conta de uma lesão ligamentar no tornozelo, o atacante entrou na reta final da goleada sofrida pelo Flamengo para o Atlético-MG por 4 a 0, neste domingo, em Belo Horizonte, pela 20.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O atacante comemorou o retorno e reconheceu a superioridade do adversário. Gabriel, porém, deixou claro a sua insatisfação com a situação do time, que no final de semana passado foi goleado pelo São Paulo por 4 a 1, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

“Estou muito feliz pela minha volta, um momento difícil da minha carreira. Mas realmente o jogo não foi favorável para nós em nenhum momento. Eles foram superiores. Precisamos melhorar bastante. Não é aceitável essa camisa passar por isso”, desabafou o camisa 9.

Gabriel espera que a reação do Flamengo venha na partida desta quarta-feira contra o São Paulo, no Maracanã, pela rodada de ida das quartas de final da Copa do Brasil. “Temos um grande elenco, uma grande torcida, uma decisão na quarta e precisamos do apoio deles”, disse o atacante, talvez convocando a torcida pela força do hábito uma vez que todos os jogos estão sendo disputados com portões fechados por causa da pandemia da covid-19.

A derrota em Belo Horizonte não só impediu que o Flamengo assumisse a liderança do Brasileirão como fez o time cair para o terceiro lugar, sendo ultrapassado pelo próprio Atlético-MG. Os dois têm os mesmo 35 pontos, porém os mineiros levam vantagem no número de vitórias: 10 a 9. O Internacional lidera com 36.

Mais popular