Flamengo

Flamengo atualiza situação de Oscar e rebate campanha de torcedores contra Erick Pulgar

Marcos Braz, vice-presidente do Flamengo, concedeu entrevista coletiva nesta quinta-feira, 4, durante a apresentação do meio-campista Erick Pulgar. Como não poderia ser diferente, o dirigente foi perguntado sobre a situação do armador Oscar, que foi liberado pelo Shangai Port (China) para ficar no Brasil até o fim do ano para acompanhar o nascimento de seu filho.

De acordo com o cartola o flamenguista, o jogador ainda não tem a autorização dos chineses para treinar e atuar por um clube brasileiro.

Segundo informações do jornalista Mauro Cezar Pereira, do Grupo Jovem Pan, a agremiação asiática teme que o atleta se machuque durante a disputa das competições brasileira e da Libertadores da América.  “Temos uma situação em relação ao Oscar. Deixar claro que ainda não tem nada. O Flamengo jamais teve qualquer negociação com o clube chinês. O Flamengo respeita o Shanghai e muito. A gente respeita a história do Oscar no Shanghai. Chegou lá em 2017. Ele tem uma história com o clube e é ídolo das crianças chinesas que moram em Shangai. O Flamengo respeita isso”, introduziu.

“E por respeitar e por estar sempre atento a isso, o Flamengo vai aguardar até onde se achar confortável e possível para que se tenha a liberação, para que possamos definir a contratação. Ainda não tem nada, o jogador nem sequer tem a liberação para treinar. Isso até o momento que sentei nessa cadeira. A gente espera que dentro do mais próximo possível a gente resolva isso para que a gente possa tentar a contratação de um jogador que também dispensa comentários. Jogador de Premier League e bem acima da média no futebol brasileiro”, acrescentou Marcos Braz, que também foi questionado sobre a campanha de flamenguistas contra a aquisição de Erick Pulgar – alguns torcedores do Rubro-Negro foram contra a negociação devido ao extracampo do volante, que atropelou e matou um homem quando tinha 18 anos. Recentemente, uma mulher chilena também alegou ter sido estuprada na casa do atleta. “Foi há 10 anos e ele já teve a penalidade dele”, disse Braz, sobre o primeiro episódio.

Jovem PAn

https://portals1.com.br/wp-content/uploads/2022/07/970x150-2-1.gif

Mais popular