Crime

Decretada prisão preventiva do motorista que atropelou motoboy em João Pessoa-Pb

A 3ª Vara Criminal de João Pessoa expediu neste domingo (12) um mandado de prisão preventiva por homicídio qualificado para Ruan Ferreira de Oliveira. Ele é suspeito de atropelar e matar o motoboy Kelton Marques, de 33 anos, em colisão que aconteceu na madrugada de sábado (11), na avenida Governador Flávio Ribeiro Coutinho, o Retão de Manaíra, em João Pessoa. A defesa de Ruan disse que ele vai se apresentar à polícia.

Na ocasião, Ruan dirigia em alta velocidade. Ele ultrapassou o sinal vermelho do cruzamento da avenida Governador Flávio Ribeiro Coutinho, o Retão de Manaíra, com a rua Mirian Barreto, e acertou o motoboy, que teve morte imediata. O enterro de Kelton aconteceu no domingo, sob forte comoção, em Bayeux, na Grande João Pessoa.

Com o impacto, o motoboy Kelton Marques morreu no local, e a moto ficou totalmente destruída.  — Foto: Reprodução/TV Cabo Branco

Com o impacto, o motoboy Kelton Marques morreu no local, e a moto ficou totalmente destruída. — Foto: Reprodução/TV Cabo Branco

Um vídeo, gravado de dentro do carro envolvido na colisão, mostra que no momento da batida Ruan dirigia a 163 km/h.

No momento em que o vídeo é iniciado, o motorista está perto de 90 km/h, mas em velocidade ascendente. Ele chega a ultrapassar os 150 km/h antes de reduzir a velocidade por causa de uma lombada eletrônica.

Mais a frente, ele volta a acelerar. Mesmo quando entra na rua mais estreita, de acesso para a avenida Tancredo Neves, ele chega a quase 140 km/h. O motorista então entra na Tancredo, em direção ao Centro, mas com a intenção de fazer o retorno para ir em direção à praia. Inclusive, ele está a mais de 90 km/h quando tenta fazer o retorno. Não segura o carro e chega a rodar na pista.

É quando ele volta a acelerar e retoma a alta velocidade. A partir daí não para mais de reduzir a velocidade. Vai pela Tancredo Neves, passa por baixo do viaduto, entra no Retão e segue acelerando cada vez mais. Chega a 163 km/h quando ultrapassa o semáforo vermelho e bate no motorista. O vídeo é encerrado neste momento.

A defesa de Ruan Ferreira de Oliveira informou que foi surpreendida pela prisão preventiva solicitada pelo juiz. O advogado Harley Cordeiro disse que o suspeito deve se apresentar em breve, logo que não haja riscos à integridade física. A defesa afirmou também que o estado emocional de Ruan Ferreira de Oliveira não é bom. (G1)

https://portals1.com.br/wp-content/uploads/2022/04/970X50.gif

Mais popular