Brasil

Bolsonaro sobre o ministro Barroso: “Uma vergonha um cara desse está lá [STF]

O presidente atribui a Barroso as articulações políticas junto ao Legislativo para barrar a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição do Voto Impresso, de autoria da deputada federal Bia Kicis (PSL-DF).

E na manhã desta sexta­feira (09), o presidente Jair Bolsonaro teceu duras críticas ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso.

Ao comentar a campanha ferrenha que Barroso, que também é presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), vem fazendo publicamente contra a implementação do voto impresso auditável no país, Bolsonaro rompeu o silêncio e disse tudo o que pensa do ministro:

“Uma vergonha um cara desse está lá [STF]. Não é porque ele defende aborto ou porque ele quer defender contra a redução da maioridade penal de estupro de vulnerável! […] Um cara que quer liberar as drogas, um cara que defendeu o terrorista assassino italiano Cesare Battisti”

Bolsonaro ainda disse mais:

“Um cara desse tinha que estar em casa… Ou em outro lugar. […] Isso desqualifica as eleições, é uma resposta de um imbecil! Eu lamento falar isso para uma autoridade do STF, só um idiota pra fazer isso aí”,

Disse o presidente, referindo­-se a forma como Barroso tenta desqualificar a PEC do voto impresso auditável.

Mais popular